VISITANTES ÀS PÁGINAS:

Moderno X Modernoso





Dificilmente tenho encontrado um bom tema sobre relacionamentos nas redes sociais que valha à pena um comentário. Finalmente, este me animou a fazê-lo, pois trata-se de matéria bastante representativa da nossa realidade comum atual, à qual temos feito vista grossa e preferimos muitas vezes pensar que "naturalmente" faz parte da evolução dos tempos e da nossa vida moderna.►

http://relatosdeumadiva.wordpress.com/2014/04/11/18-verdades-crueis-sobre-os-relacionamentos-modernos-que-voce-vai-ter-que-encarar/
Será ?!... Será que já sabemos perceber essa sutil diferença entre os conceitos do moderno X modernoso ? ►http://www.dicionarioinformal.com.br/modernoso/
 ► Sátira sobre um casal modernoso, onde a garota declara amor, propondo barganha financeira : 
https://www.youtube.com/watch?v=T32YPS8NUnA

►Imagens de modernidade ►
https://www.google.com.br/search?q=imagens+do+moderno&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=M4BcU_vyFZSysAS37oD4CQ&ved=0CCwQsAQ&biw=1370&bih=639
   Trata-se de uma triste constatação que tem decepcionado a muitos, que buscam preservar os valores humanos e afetivos, incluindo: respeito, consideração, diálogo, empatia, entre outros, independente do gênero e orientações sexuais. É simples : a sociedade moderna anda muito "modernosa". Mas é complexo, quando trata-se de educar visando a mudança de paradigmas que mexem com atitudes não apenas no âmbito pessoal, mas coletivamente estruturadas, também. Estas são constantemente nutridas por mensagens diretamente invasivas com sabor atrativo de descontração prazerosa... Só que não, no final das contas. E já se foi o tempo daquelas discretas, mas abusivas informações com um perfil apenas subliminar, manipuladas na mídia. Hoje, são feitas descaradamente, subestimando mais e mais a nossa inteligência e capacidade crítica. Se fôssemos enumerá-las não teríamos espaço, nem paciência para tantas sem limites.
    Da decepção a frustrações mais severas com inúmeros distúrbios do comportamento é um passo. Não. Eu digo: meio passo ou menos ! Alguns até chegam a um estado depressivo por não conseguirem lidar emocionalmente com esse mundo caótico e vazio de sentido. Outros, tornam-se pessoas céticas ou frias quanto a vínculos amistosos mais duradouros, e seus egos geram defesas mais rígidas, produzindo um estilo mais reservado de vida, ou distanciando-se extremamente do seu convívio social e familiar. Há ainda, os que mostram-se indiferentes e aqueles que mergulham de cabeça no pseudo-paraíso do fútil entretenimento. Entretanto, sem dúvida, sempre vai estar em nossas mãos reagirmos, buscando em nós mesmos e  partilhando com os mais próximos, o antídoto contra essa tendência viciante que não só entorpece, mas tem contagiado pouco a pouco à consciência saudável das nossas novas gerações. E se nos chamarem por isso, de conservadores e antiqüados: que deixemos os equivocados chamarem, pois entrarmos nessa onda da banalização dos melhores valores da nossa autêntica cultura de relações humanas, vai significar o nosso empobrecimento total a esse nível, por estarmos simplesmente nos escravizando a espectros sombrios de uma ridícula, jocosa e auto-depreciativa "modernosidade".